0 Seu blog está preparado para o Google Panda?

Google Panda tem sido assunto de conversa, debate, artigos e muito mais durante os últimos meses, mas na verdade nunca escrevemos aqui sobre esta nova atualização de algoritmo do Google. Para quem não sabe, o Google Panda é basicamente uma atualização algorítmica que tem como objetivo penalizar as content farms e link farms que se encontram um pouco espalhadas pela internet. Tanto as content farms como as link farms têm como objetivo conseguir atrair visitantes através de conteúdo de baixa qualidade, cópias integrais de artigos de outros blogs, ou simplesmente citações de conteúdos de outros sites, sem que na verdade ofereçam conteúdo e insights de grande qualidade para os seus usuários. Todo o tipo de sites/blogs que se encaixe nesse perfil, será penalizado nos seus posicionamentos orgânicos nos resultados de pesquisa do buscador Google.

O Google Panda foi oficialmente lançado no passado dia 12 de Agosto. O Pedro Dias da Googleescreveu um artigo sobre o lançamento em Português, onde explicou que apenas 6-9% das pesquisas orgânicas serão afectadas pelo novo algoritmo, e o Fábio Ricotta da MestreSEOescreveu um artigo e publicou um vídeo onde explica que o objetivo da Google passa por penalizar sites relacionados com hypes, notícias do dia e conteúdos de baixa qualidade que se aproveitam de situação mediáticas para atrair tráfego em grandes proporções, não oferecendo uma boa experiência para os seus usuários.

google panda

O QUE ESPERAR DO GOOGLE PANDA?

Quando o Google Panda foi lançado oficialmente nos Estados Unidos e para pesquisas em inglês, ele afectou diretamente 12% das pesquisas orgânicas. Isso reflectiu-se obviamente no tráfego de muitos sites, e de acordo com a Search Engine Land, o top 10 das maiores quedas inclui maioritariamente diretórios de artigos, como por exemplo a ezinearticles, que perdeu mais de 90% dos seus posicionamentos no buscador da Google. Esta alteração algorítmica é na verdade bastante cruel em termos de indexação e resultados, pelo que se você tem um site de baixa qualidade onde o objetivo é conseguir atrair visitantes e gerar dinheiro através de anúncios do Google Adsense, o mais provável é que você tenha de alterar a sua estratégia.

panda

Em termos de Google Analytics, a actuação do Panda seria algo deste género. Se reparar, a partir de 17 de Maio, este site sofreu uma penalização por causa do Google Panda, e o seu gráfico de tráfego orgânico caiu de forma abrupta e bastante visível, embora o seu volume de tráfego não fosse alto. As alterações do Panda são algo bastante simples de verificar em termos de Google Analytics, especialmente se o seu site for penalizado por esta atualização.

De acordo com um artigo do Cassiano Travareli, esta atualização do algoritmo do Google tem como objetivo melhorar a experiência do usuário em todos os aspectos, sendo que passa a ser extremamente importante avaliar alguns critérios relacionados com o comportamento dos seus usuários em seu site/blog, nomeadamente:

  • Qual o Bounce Rate da página?
  • Qual o tempo médio que o usuário gasta em sua página?
  • Qual o tempo médio que o usuário gasta em seu site?
  • Usuários clicam em seu resultado e depois voltam para as SERPs e entram em outros resultados?
  • Seu site é altamente focado em anúncios atrapalhando a experiência do usuário?
  • Você tem conteúdo a oferecer que atenda a necessidade daquela busca?
  • Você traz informação a seu usuário, ou tenta apenas lhe vender algo?
  • O conteúdo em sua página é único ou copiado de terceiros?
  • O tempo de carregamento de sua página é baixo?
  • Logo ao entrar, está claro para o usuário o contexto da página?
  • Usuários tem bloqueado seu site nos resultados?

Basicamente todos os fatores de navegabilidade e acessibilidade serão tidos em consideração na hora de separar os sites/blogs com qualidade, daqueles que não apresentam qualidade e/ou têm os seus usuários em consideração. Mais, se uma página do seu site/blog tem baixa qualidade e está linkando diretamente para outros páginas do seu site/blog, você poderá estar prejudicando páginas de qualidade por intermédio dessa página de baixa qualidade. Preocupe-se em criar conteúdo único e de grande qualidade, para que o seu usuário possa permanecer por muito tempo, ao invés de retornar ao Google para refazer a sua busca inicial.

COMO CRIAR SITES/BLOGS DE QUALIDADE?

De acordo com o artigo More guidance on building high-quality sites do blog oficial da Google, muitos blogueiros e webmasters têm estado mais preocupados nas atualizações do Google Panda, do que propriamente em oferecerem a melhor experiência de usabilidade e acessibilidade aos seus usuários. Na verdade, a Google refere que o Panda é apenas uma das mais de 500 melhorias que a Google irá realizar no algoritmo do seu buscador até ao final do ano, o que significa que é necessário trabalhar cada vez mais com o usuário em mente. A Google refere ainda que desde que lançou o Panda, foram lançadas também algumas dezenas de melhorias no seu algoritmo de rankeamento, pelo que se você notar alterações nos posicionamentos e tráfego orgânico dos seus sites/blogs, isso poderá não estar diretamente relacionado com o Google Panda.

Num artigo publicado pela MestreSEO, estão disponíveis dezenas de perguntas que a equipe da Google normalmente faz quando pretende avaliar a qualidade do conteúdo de um website/blog, sendo que o que salta mais à vista é a produção de conteúdo de qualidade, que seja diferente dos conteúdos já presentes no buscador da Google e acima de tudo que agregue valor acrescentado ao usuário. Algumas das nossas dicas relativamente à criação de páginas de qualidade incluem o seguinte:

  • Crie conteúdo de qualidade que agregue valor acrescentado sobre um determinado tópico/assunto. Evite ao máximo criar vários conteúdos de baixa qualidade sobre um mesmo assunto;
  • Escreva em linguagem de qualidade e num português correcto. Isso agrega valor, torna a leitura mais simples e transmite mais confiança ao usuário;
  • Crie sempre conteúdo original, usando fontes de informação credíveis e que agreguem valor ao tema que você está debatendo;
  • Estilize os seus artigos com a utilização de tags H2 para os sub-títulos e H3 para os sub sub-títulos. Use negrito e itálico para destacar partes importantes do artigo. Quebre a leitura com uma ou duas imagens. Use listagem por pontos para tornar a leitura de tópicos mais rápida, etc;
  • Na homepage use H1 para o título do site e H2 para os títulos dos artigos, categorias, etc;
  • Nos artigos use H1 no título do artigo e H2 para sub-títulos e H3 para sub sub-títulos;
  • Use sempre Nofollow em links de programas de afiliados ou páginas que não tenham valor acrescentado;
  • Utilize navegação através de menu, artigos relacionados e outras formas de levar o seu usuário a consumir mais matérias do seu blog;
  • Utilize sempre os atributos “title” nos links e “alt” nas imagens para especificar qual o tipo de conteúdo que você está apresentando. O robot do Google terá isso em consideração e o usuário agradece;
  • Evite a utilização excessiva de banners. O Google detesta páginas demasiado confusas;
  • Preocupe-se com o link building, principalmente em interligar os seus conteúdos a partir dos seus textos, mas também linkando externamente para outras fontes de conteúdo relacionadas com os assuntos que você debate. Isso agrega valor para o Google e acima de tudo para o usuário;
  • Utilize chamadas de CSS no cabeçalho do seu site/blog, e chamadas de Scripts e ficheiros JavaScript no rodapé;
  • Utilize um serviço de CDN ou Cache para entregar as suas páginas ao usuário de forma mais rápida, diminuindo o tempo de carregamento do seu site/blog;
  • Etc.

A Google refere ainda que irá continuar a fazer melhorias no seu algoritmo de rankeamento de pesquisas de forma a ajudar blogueiros e webmasters a conseguirem cada vez mais tráfego orgânico para os seus projetos. É aconselhável que você se foque na criação de conteúdos de grande qualidade, ao invés de tentar contrariar uma determinada atualização de algoritmo. Dessa forma você irá provavelmente conseguir melhores rankeamentos e acima de tudo tornar o seu conteúdo mais atrativo para os seus usuários e para outros blogueiros que desejam linkar para conteúdos de grande qualidade também. Se tiver dúvidas acerca de como criar um site/blog de qualidade, consulte alguns dos tópicos presentes no Fórum de Webmasters da Google.

 

 

 

Aproveitamos também para lhe recomendar a leitura de outros artigos escritos por outros blogueiros, os quais agregam valor ao tema Google Panda e acima de tudo oferecem uma visão mais pormenorizada de como você deverá trabalhar para conseguir melhores resultados nos seus sites/blogs:

SEU BLOG ESTÁ PREPARADO PARA O GOOGLE PANDA?

Nesta altura e tendo em consideração que uma alteração algorítmica deste género demora alguns dias a ficar 100% concluída e ativa, é altura de começar a analisar algumas coisas, nomeadamente o comportamento do seu site/blog em determinadas palavras-chave ou termos de pesquisa. O ideal nestas situações é utilizar o Google Analytics para realizar comparações semana a semana e verificar como está o comportamento orgânico do site. Veja:

analytics datas

Comece por especificar as datas que pretende analisar, e clique na opção “Comparar com o último” para realizar uma comparação entre datas do mesmo período do mês passado ou simplesmente na semana passada. Dado que o Google Panda foi apenas oficializado há 3 dias e provavelmente ainda estará em fase de implementação geral, é natural que você tenha de ir acompanhando as métricas ao longo do tempo para verificar se o seu site está produzindo melhores ou piores resultados.

analytics palavras-chave

Se analisar as origens de tráfego e as palavras-chave numa comparação entre datas, irá perceber rapidamente se o seu site está em crescimento ou se está sofrendo penalizações por intermédio do Google Panda ou de uma outra alteração algorítmica qualquer. Uma análise rápida do nosso blog nos últimos 4 dias em comparação com os últimos 4 dias da semana passada, verificamos que o tráfego orgânico cresceu cerca de 3,67% e que para alguns termos de pesquisa comuns crescemos entre 2,54% e 37,33%, o que significa que algumas das páginas que atraem mais tráfego ao blog, continuam bem posicionadas e atraindo tráfego de qualidade para o blog.

webmaster tools

Outro local onde você poderá analisar o comportamento do seu site/blog é no Google Webmaster Tools. Dado que o Webmaster Tools anda normalmente 2-3 dias atrasado em termos de data, é importante que ao longo de tempo você vá analisando o comportamento do seu blog ao nível do tráfego orgânico e posicionamento em determinadas palavras-chave. Por vezes o GWT não é 100% fiável em termos de resultados, mas é uma forma de você compreender rapidamente se o seu site está em crescimento ou não, e de que forma você poderá melhorá-lo para conseguir obter mais tráfego de qualidade e gerar uma melhor visitação.

E VOCÊ, ESTÁ PREPARADO PARA O PANDA?

Já está sentido as alterações do Google Panda em seu blog? De que forma pretende melhorar o seu site/blog para não sofrer as consequências de uma atualização deste género? Irá focar-se mais tempo no desenvolvimento dos seus conteúdos? Deixe o seu comentário e participe!

Até Já!

2 Comments

  1. Não sei se estou preparado D:

    Minhas visitas giravam em torno de 2.600 por dia, com 7% de taxa de rejeição e 95% de novos visitantes.

    Depois que o Google Panda chegou, as vistias aumentaram consideramente em 4 dias, hoje tenho 6.000 visitas diárias.

    Porém, a taxa de rejeição subiu para 68% e a de novos visitantes 55%.

    Não postei nada demais que pudesse ter feito tanta mudança, mas eu gostava dos meus números anteriores do Analytics.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s